Leitura Diária da Bíblia Hoje 21 de outubro de 2018

0
4082

Nossa leitura diária da Bíblia hoje é do livro de 2 Crônicas 6: 12-42. Leia, medite sobre isso, peça ao espírito santo para guiá-lo às lições e revelações da leitura da Bíblia de hoje. Seja abençoado.

Leitura diária da Bíblia hoje

2 Crônicas 6: 12-42:
12 E ele parou diante do altar do Senhor, na presença de toda a congregação de Israel, e estendeu as mãos. 13 Porque Salomão havia feito um andaime de brasão, de cinco côvados de comprimento, cinco côvados de largura e três côvados de altura, e a pôs no meio da corte; e sobre ela se pôs de joelhos diante de toda a congregação de Israel, e estendeu as mãos para o céu, 14 e disse: Senhor Deus de Israel, há Deus não como você no céu, nem na terra; que guardas pacto e piedade aos teus servos, que andam diante de ti com todo o coração: 15 que guardaste com teu servo Davi, meu pai, o que lhe prometeste; e covarde com a tua boca, e a cumpriste com a tua mão, como é hoje. 16 Agora, pois, ó Senhor Deus de Israel, guarda com teu servo Davi, meu pai, o que lhe prometeste, dizendo: Não te faltará um homem aos meus olhos para se sentar no trono de Israel; contudo, para que teus filhos sigam o seu caminho de andar na minha lei, como tu andaste diante de mim. 17 Agora, pois, Senhor Deus de Israel, seja confirmada a tua palavra, que disseste a Davi, teu servo. 18 Mas Deus habitará com muita ação com os homens na terra? eis que o céu e o céu dos céus não podem te conter; quanto menos esta casa que eu construí! 19 Portanto, respeita a oração do teu servo e a sua súplica, Senhor meu Deus, para ouvir o clamor e a oração que o teu servo faz diante de ti; 20 para que teus olhos se abram nesta casa dia e noite; no lugar de que disseste que porias o teu nome ali; para ouvir a oração que teu servo faz para este lugar. 21 Ouve, pois, as súplicas do teu servo e do teu povo Israel, que eles farão para este lugar; ouve da tua morada, até do céu; e quando ouvires, perdoa. 22 Se alguém pecar contra o seu próximo, e for feito um juramento sobre ele para fazê-lo jurar, e o juramento vier diante do teu altar nesta casa; 23 Ouve então do céu, e faz e julga os teus servos, repreendendo os ímpios, retribuindo o seu caminho sobre a sua própria cabeça; e justificando o justo, dando-o segundo a sua justiça. 24 E se teu povo Israel for piorado diante do inimigo, porque pecaram contra ti; e voltará e confessará o teu nome, e orará e suplicará diante de ti nesta casa; 25 Ouve, pois, do céu, perdoa o pecado do teu povo Israel e traze-o novamente à terra que deste a eles e a seus pais. 26 Quando o céu está fechado, e não chove, porque pecaram contra ti; todavia, se eles oram em direção a este lugar, e confessam o teu nome, e se desviam do pecado deles, quando os afligires; 27 Ouve então do céu e perdoa o pecado dos teus servos e do teu povo Israel, quando lhes ensinaste o bom caminho, por onde andariam; e envia chuva sobre a tua terra, que deste ao teu povo por herança. 28 Se houver escassez na terra, se houver peste, se houver explosões ou bolor, gafanhotos ou lagartas; se seus inimigos os cercam nas cidades de suas terras; qualquer dor ou doença que haja: 29 Então que oração ou que súplica será feita a qualquer homem, ou a todo o teu povo Israel, quando cada um conhecer a sua própria dor e o seu próprio pesar, e espalhar as mãos em esta casa: 30 Ouve então do céu a tua morada, e perdoa, e presta a cada um segundo todos os seus caminhos, cujo coração tu conheces; (pois tu só conheces o coração dos filhos dos homens :) 31 Para que te temam, andem nos teus caminhos, enquanto viverem na terra que deste a nossos pais. 32 Além disso, acerca do estrangeiro, que não é do teu povo Israel, mas veio de uma terra longínqua por causa do teu grande nome, e da tua mão poderosa, e do teu braço estendido; se eles vierem rezar nesta casa; 33 Ouve desde o céu, desde a tua morada, e faz conforme tudo o que o estrangeiro te pede; para que todos os povos da terra conheçam o teu nome e temam-te, como o teu povo Israel, e saibam que esta casa que edifiquei é chamada pelo teu nome. 34 Se o teu povo for à guerra contra os seus inimigos pelo caminho que os enviarás, e eles te pedirem em direção à cidade que escolheste, e à casa que edifiquei para o teu nome; 35 Ouve desde o céu a sua oração e a sua súplica, e mantém a sua causa. 36 Se pecarem contra ti (porque não há homem que não peca), e tu te zangar com eles, e entregá-los diante de seus inimigos, eles os levarão cativos para uma terra distante ou próxima; 37 No entanto, se eles se acham na terra para onde são levados em cativeiro, e se voltam e oram a ti na terra do seu cativeiro, dizendo: Pecamos, cometemos erros e procedemos impiamente; 38 Se eles voltarem para ti de todo o coração e de toda a alma na terra do seu cativeiro, para onde os levaram cativos, e orarem pela sua terra, que deste a seus pais, e à cidade que escolheste. e em direção à casa que edifiquei para o teu nome. 39 Ouve então do céu, da tua morada, a sua oração e as suas súplicas, e mantém a sua causa, e perdoa o teu povo que pecou contra ti. 40 Agora, meu Deus, peço-te que teus olhos estejam abertos e que teus ouvidos estejam atentos à oração que é feita neste lugar. 41 Agora, pois, levanta-te, ó Senhor Deus, no teu lugar de descanso, tu e a arca da tua força; vestidos os teus sacerdotes, ó Senhor Deus, com salvação, e alegrem-se os teus santos na bondade.

KASSISTIR INDLY TV DIÁRIO DO PRAYERGUIDE NO YOUTUBE
INSCREVA-SE AGORA

 


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.